2007 – 2013

Transformers Filme 1986


Um gigantesco ser mecânico sob a forma de planeta viaja pelo espaço… Em seu caminho está o planeta Lithone, cujos habitantes (também mecânicos) estão alheios ao perigo que correm. Unicron devora o planeta e apenas um de seus habitantes, em uma pequena nave, consegue escapar.
Com a energia obtida, Unicron continua seu caminho pelo espaço.
Estamos no ano de 2005. Os Decepticons conseguiram conquistar Cybertron, mas os Autobots, que mantém bases em duas luas cybertronianas e uma cidade na Terra, pretendem reaver seu planeta natal.
Na Base Lunar 1, enquanto o Decepticon Laserbeak espiona, Optimus Prime (líder dos Autobots) ordena que Ironhide e um pequeno grupo de Autobots vão à Terra conseguir mais energon para que possam lançar um ataque em escala total aos Decepticons.
A nave Autobot parte para a Terra e Laserbeak volta para Cybertron, onde coloca Megatron (líder dos Decepticons) a par do que está acontecendo.
Os Decepticons invadem a nave Autobot, matam seus tripulantes (Brawn, Prowl, Ratchet e Ironhide) e assumem os controles, planejando usar a nave para entrar em Autobot city, a cidade dos Autobos na Terra, sem serem notados.
Na Terra, Daniel (filho de Spike e Carly) e HotRod estão pescando quando recebem o sinal de que a nave Autobot está chegando. Eles então correm para assitir à nave pousar
Na “montanha sentinela”, Daniel, usando uma espécie de telescópio, vê um buraco no casco da nave e avisa HotRod.
HotRod amplia sua visão, avista os Decepticons lá dentro e começa a atirar.
Os Decepticons, então, abandonam a nave, atacam HotRod e rumam para Autobot city.
Em Autobot city, Perceptor vê os Decepticons chegando e informa a Ultra Magnus que os Autobots estão em menor número. Ultra Magnus, então, ordena que Springer e Arcee transformem Autbot city e que Perceptor solicite reforços.
Arcee e Springer ativam a transformação da cidade que, já sob ataque Decepticon, começa a se transformar em fortaleza, com vários canhões e portões reforçados.
Os Insecticons tentam abrir caminho devorando os portões mas Kup e HotRod os detém e entram na fortaleza.
Enquanto isso, Perceptor chega à torre de comunicações e diz a Blaster para enviar uma mensagem a Optimus Prime na Base Lunar 1.
Blaster começa a transmitir o pedido de ajuda para a Base Lunar 1.
Megatron ordena que Soundwave interrompa a comunicação, então a torre e seus ocupantes são atacados pelos cassetes Decepticons.
Springer, Arcee, Kup, HotRod e Daniel conseguem colocar um lançador de foguetes em posição e usá-lo contra os Decepticons.
No entanto, a vantagem dura pouco pois Megatron ordena que os Constructicons se unam para formar o Devastador, que logo arremessa um pedaço das paredes da cidade contra o lançador de foguetes, inutilizando-o.
A batalha continua até que as defesas da cidade caem e Megatron, então, ordena o extermínio dos Autobots.
De repente, porém, uma nave Autobot surge: o sinal de socorro havia chegado à Base Lunar 1.
Dentro da nave, Optimus Prime ordena que os Dinobots saiam para destruir o Devastador.
Enquanto os Dinobots lutam contra o Devastador, Optimus se transforma em caminhão e vai atrás de Megatron.
Depois de “atropelar” alguns Decepticons, Optimus se transforma e atira em mais alguns até que, finalmente, encontra Megatron.
Os dois lutam ferozmente e, depois de algum tempo, Optimus parece ter ganho a luta, com Megatron sob a mira de seu rifle e pedindo clemência. Na verdade, porém, Megatron estava apenas tentando distraí-lo para conseguir alcançar uma arma próxima.
HotRod vê o que o líder Decepticon pretende e tenta impedi-lo.
Megatron, porém, não só consegue alcançar a arma como também agarra HotRod e o usa como escudo.
Para não colocar HotRod em risco, Optimus não atira e acaba sendo atingido por vários disparos de Megatron.
Com Optimus caído, Megatron joga HotRod para longe e se aproxima de seu inimigo para destrui-lo de uma vez por todas.
Apesar de muito avariado, Optimus consegue dar um último golpe em Megatron, fazendo com que este caia da plataforma onde estavam.
Starscream, após algumas palavras de sarcasmo e um chute contra Megatron (que está caído no chão severamente avariado e nada pode fazer), dá o sinal de retirada aos Decepticons.
Megatron pede que Soundwave não o abandone e este o carrega.
Astrotrain se transforma em trem e os Decepticons correm para dentro dele. Com os Decepticons a bordo, Astrotrain então se transforma em espaçonave e foge da Terra.
Os Autobots tentam salvar seu líder, seriamente avariado, mas Perceptor o examina e informa que os danos são fatais.
Sabendo que está prestes a morrer, Optimus pede a Ultra Magnus que assuma a liderança dos Autobots e profetiza que um dia um Autobot usará a Matriz para iluminar “o momento de maior escuridão”.
Optimus usa o restante de suas forças para abrir seus painéis peitorais e remover a Matriz mas, muito fraco, nem chega a conseguir entregá-la a Ultra Magnus, deixando-a cair.
Antes que a Matriz caia no chão, porém, HotRod consegue segurá-la (e ela brilha por um breve momento em suas mãos).
HotRod entrega a Matriz a Ultra Magnus e este a coloca dentro de si.
Optimus Prime não resiste por mais tempo: seus olhos piscam até que se apagam totalmente e seu corpo perde as cores.
Com a morte de Optimus e de posse da matriz, Ultra Magnus torna-se o líder dos Autobots.
Unicron continua seu caminho através do espaço. Enquanto isso, os Decepticons em fuga, a bordo de Astrotrain, ainda estão viajando pelo espaço, rumando para Cybertron.

Astrotrain avisa que será necessário diminuir o peso, ou eles não conseguirão chegar em Cybertron.

Os Decepticons a bordo votam que apenas os guerreiros ainda “saudáveis” permaneçam a bordo. Os Decepticons avariados, então, são atirados para fora de Astrotrain.

Starscream pessoalmente joga Megatron para fora, sob os protestos deste.

Com Megatron descartado, os Decepticons a bordo começam a discutir e a lutar entre si para decidir quem será o novo líder.

Megatron e os demais Decepticons avariados flutuam pelo espaço até que Unicron os encontra. Unicron então propõe uma barganha a Megatron: ele ganharia um novo corpo e novas tropas para comandar e, em troca, deveria destruir a única coisa que poderia atrapalhar os planos de Unicron, a Matriz da liderança Autobot.

Unicron dá novos corpos e identidades a cada um dos Decepticons avariados: Megatron torna-se Galvatron e os demais são transformados em Cyclonus, Scourge e os Sweeps.

Depois ele lhes dá uma nave e Galvatron ordena a seus “novos” Decepticons que retornem para Cybertron. E Unicron o lembra de sua missão: destruir a Matriz.

Em Cybertron, Starscream está para ser coroado como o novo líder dos Decepticons, mas Galvatron e seus novos guerreiros aparecem e interrompem a cerimônia.

Galvatron se transforma em um canhão e atira em Starscream, destruindo-o.

Galvatron transforma-se novamente para o modo robô e pergunta aos demais Decepticons se alguém quer assumir o lugar dele. Ninguém se atreve e Galvatron é aclamado.

Enquanto isso, Unicron chega aos arredores do planeta Cybertron. Ele se aproxima da Base Lunar 1 e ativa seu poderoso raio trator.

Jazz então envia uma mensagem para a Terra avisando o que está acontecendo e ele e Cliffjumper tentam escapar em uma pequena nave. O raio trator de Unicron, porém, é poderoso demais e a nave é sugada.

Unicron, após ter devorado a Base Lunar 1, vai em direção à Base Lunar 2. Nela estão Spike e Bumblebee, que conseguem entrar em contato com os Autobots na Terra avisando que vão tentar parar Unicron.

Spike e Bumblebee conseguem preparar a base para que esta exploda quando for atacada e saem dela em uma nave.

Unicron começa a devorar a Base Lunar 2 e esta explode. Bumblebee e Spike comemorarm achando que o destruiram, mas quando as explosões acabam eles vêem que o planeta-monstro não sofreu nenhum dano aparente e a nave deles logo acaba sendo sugada também.

Galvatron fica furioso ao ver as luas destruídas, mas Unicron mantém um link com suas “criações” e o tortura para que o obedeça.

Galvatron então ordena aos Decepticons que rumem para a Terra, onde está a Matriz.

Na Terra, os Autobots, sob a liderança de Ultra Magnus, preparam-se para tentar evitar que Unicron devore Cybertron, mas Galvatron e seus novos guerreiros aparecem nos céus de Autobot city e os atacam.

Os Autobots então, ainda sob ataque, correm para duas naves e partem, com os Decepticons em seu encalço.

Os Decepticons atacam a nave onde estão Kup, HotRod e os Dinobot, que acaba caindo em um planeta próximo.

A outra nave (onde estão Ultra Magnus, Blurr, Springer, Perceptor, Arcee e Daniel) é o próximo alvo Decepticon.

Sabendo que os Decepticons não vão desistir enquanto não os destruírem, Ultra Magnus ordena uma separação de emergência. A parte traseira da nave se solta, é atingida pelos disparos dos Decepticons e explode. Enquanto isso, os Autobots escapam na parte dianteira da nave.

Galvatron acha que destruiu os Autobots, mas é torturado por Unicron, que ordena a ele que volte imediatamente.

Com os Autobots já a salvo dos Decepticons mas com a nave incapacitada de chegar até Cybertron, Ultra Magnus pede a Perceptor que encontre um planeta próximo onde eles possam pousar e proceder os reparos.

Perceptor faz alguns cálculos e diz que há um planeta “sucata” próximo.

Enquanto isso, em um “mar” de Quintessa (o planeta onde a outra nave Autobot havia caído), HotRod procura por seus companheiros.

HotRod salva Kup, que havia sido capturado por uma espécie de lula gigante mecânica. Kup está severamente avariado, então HotRod o carrega para a superfície a fim de tentar consertá-lo.

Em Junkion (o planeta sucata), Ultra Magnus e os outros conseguiram aterrissar, mas a nave sofreu ainda mais avarias. Eles então saem para procurar peças para efetuar os consertos, sem saber que escondidos nas pilhas de sucata vários robôs os observam.

Em Quintessa, HotRod consegue consertar Kup e os dois saem à procura dos Dinobots.

Um grupo de robôs os aborda no caminho e Kup tenta ser amigável usando o “cumprimento universal” (“Bah Weep Granah Weep Ni Ni Bong”) e oferecendo energon.

Os robôs comem o energon vorazmente e quando este acaba, atacam Kup e HotRod e os levam como prisioneiros a uma “fortaleza”.

Dentro da fortaleza, numa espécie de tribunal Quintesson, um robô é julgado, recebe o veredito de “inocente” e, mesmo assim, é jogado em um poço cheio de Sharkticons.

O infeliz robô rapidamente é cercado pelos Sharkticons, atacado e devorado, enquanto o juiz Quintesson ri.

HotRod e Kup, cercados por guardas e presos por correntes de energia, assistem à cena horrorizados.

HotRod e Kup são trancafiados em uma cela.

Um prisioneiro da cela ao lado explica que eles estão em Quintessa, um mundo sob o domínio dos Quintessons e seus Sharkticons, e se apresenta como sendo Kranix, sobrevivente do planeta Lithone (que foi devorado por Unicron).

Os guardas Quintesson levam Kranix para o “tribunal”. Ele é julgado e jogado aos Sharkticons, enquanto HotRod e Kup assistem a tudo em sua cela sem poder ajudá-lo.

Os Dinobots estão em outra parte de Quintessa tentando, sem sucesso, encontrar Kup e HotRod, até que um pequeno Autobot chamado Wheelie aparece e se oferece para ajudá-los a encontrar os amigos.

Enquanto isso, no espaço próximo a Cybertron, Galvatron e Unicron discutem.

Unicron revela a Galvatron que Ultra Magnus ainda está vivo, no planeta Junkion, e ordena que ele o encontre e destrua a Matriz.

Em Junkion, os habitantes do planeta (os Junkions) preparam-se para atacar, mas antes que o façam os Decepticons aparecem.

Os Decepticons destroem a nave Autobot e perseguem Daniel e os Autobots.

Ultra Magnus então ordena que eles se escondam numa espécie de “caverna” formada pela sucata e encara os Decepticons sozinho.

Galvatron ordena que Ultra Magnus entregue a Matriz, mas ele se recusa. Ultra Magnus então tenta abrir a Matriz para usar seu poder contra os Decepticons, mas não consegue e é atingido por vários disparos até explodir.

Galvatron pega a Matriz e parte, pretendendo usá-la para escravizar Unicron.
Em Quintessa, HotRod e Kup são sentenciados à morte pelo juiz Quintesson e jogados no poço dos Sharkticons.

Dentro do poço, os dois se transformam para o modo veículo e começam a rodar pelas paredes em velocidade cada vez maior. Então forma-se um redemoinho, a água acaba subindo e os dois Autobots conseguem escapar do poço.

Kup e Hot Rod são atacados pelos Sharkticons, conseguem derrotar vários deles, mas estão em grande desvantagem numérica.

Quanto tudo parece perdido para os dois, os Dinobots chegam derrubando o portão da fortaleza Quintesson e apavoram os Sharkticons.

Grimlock então ordena que os Sharkticons ataquem os Quintessons e eles obedecem.

Wheelie é apresentado a HotRod e Kup e mostra a eles uma nave Quintesson para conseguirem fugir do planeta.

No planeta sucata, os Autobots nem têm tempo de lamentar a perda de Ultra Magnus, pois logo são atacados por um bando de Junkions (os transformers habitantes do planeta).

Os Autobots conseguem atingir os Junkions, mas simplesmente não conseguem detê-los pois eles facilmente se recuperam.

De repente, uma estranha nave espiral parece e os Junkions, curiosos, cessam o ataque.

A nave pousa na superfície do planeta e logo seus tripulantes se revelam: Kup, HotRod, Wheelie e os Dinobots.

HotRod usa o “cumprimento universal” e oferece energon ao líder dos Junkions, Wreck-Gar. Então Wreck-gar repete o cumprimento e logo os Junkions começam a festejar e a dançar com os Autobots.

Os Junkions conseguem reparar Ultra Magnus e este conta aos outros que Galvatron roubou a Matriz.

Entusiasmados, os Junkions logo se dispõem a ajudar e, em duas naves, partem com os Autobots rumo a Cybertron.

Galvatron, com a Matriz presa em uma corrente em volta de seu pescoço, desafia Unicron, que já estava nos arredores de Cybertron. No entanto, ele não consegue abrir a Matriz e tudo o que pode fazer é assistir, horrorizado, a Unicron se transformar em um gigantesco robô.

Unicron, enfurecido, ataca Cybertron.

Alguns Decepticons tentam detê-lo mas são facilmente destruídos. Galvatron então se transforma para o modo canhão e atira em Unicron, mas o gigante simplesmente o pega com dois dedos e o engole.

Os Autobots chegam e mal podem acreditar no que vêem: o gigantesco Unicron em sua forma robô arrasando Cybertron.

Unicron atinge a nave Junkion, que se aguenta como pode. Ele também atinge a nave Quintesson, mas ela ruma em direção a ele e, arrebentando um de seus olhos, penetra no corpo de Unicron.

Daniel e os Autobots, caem dos destroços da nave Quintesson no interior do corpo de Unicron.

As defesas internas de Unicron atacam Springer, Arcee, Kup e Daniel.

Enquanto isso, HotRod, que havia se desencontrado dos demais, acaba encontrando Galvatron em algum lugar no interior do gigantesco corpo de Unicron.

Galvatron propõe ao Autobot que lutem juntos contra o terrível inimigo, mas Unicron o tortura através de seu link mental e o obriga a atacar HotRod.

Lá fora, a luta contra Unicron continua, com várias naves e transformers (inclusive os Dinobots) o atacando, sem muito sucesso.

Dentro de Unicron, Daniel e os Autobots continuam fugindo das defesas internas.

Arcee atinge algumas defesas, mas acaba abrindo um buraco no “teto” e o lugar é inundado. O líquido os arrasta por algum tempo até o nível baixar e eles acabam parando em um lugar onde vários robôs que Unicron engoliu são jogados aos poucos em um grande tanque para serem dissolvidos em ácido.

Entre os cativos, pendurados em fila para serem destruídos, estão Bumblebee, Jazz, Cliffjumper e Spike (pai de Daniel).

Spike diz a Daniel para usar seu exo-suit (espécie de armadura transformável) para atirar nos suportes da tampa do tanque. Depois de algumas tentativas frustradas, Daniel acaba conseguindo e eles são salvos da destruição certa.

Enquanto isso, em outra parte do corpo de Unicron, Galvatron e HotRod se enfrentam.

HotRod está em desvantagem, mas ele acaba conseguindo segurar a Matriz e ela começa a liberar energia.

HotRod arrebenta a corrente do pescoço de galvatron, fica de pé e começa a abrir a Matriz. Enquanto a energia o envolve, ele começa a mudar e, ao fundo, se escuta a voz de Optimus Prime dizendo para ele assumir a liderança como Rodimus Prime.

Galvatron atira em HotRod/Rodimus Prime e acaba conseguindo derrubar a Matriz das mãos dele. Mas a transformação de HotRod em Rodimus Prime já está concluída e Rodimus, após uma breve luta, atira Galvatron para o espaço, através das “paredes” do corpo de Unicron.

Rodimus pega a Matriz mais uma vez e a abre completamente.

A energia da Matriz se espalha e os circuitos de Unicron começam a explodir.

Rodimus acaba encontrando Daniel, Spike e os Autobots e os lidera para fora de Unicron, arrebentando o outro olho do gigante.

O corpo de Unicron começa a se desmantelar. Sua cabeça se solta e o restante de seu corpo finalmente explode.

Mais tarde, em Cybertron, Daniel, Spike, e os sobreviventes Autobots e Junkions assistem a Rodimus declarar que o evento deve marcar o fim das guerras cybertronianas e o início de uma nova era de paz e felicidade.

Os Autobots comemoram e seus gritos de “Até todos serem um!” ecoam pelo planeta.

No espaço, a cabeça desativada de Unicron gira em órbita de Cybetron, como uma terrível lembrança dos acontecimentos

Deixar um Comentario

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s